O “Memorial da Inclusão: os caminhos da pessoa com deficiência”, órgão da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, tem o prazer de organizar mais uma rodada de debates abordando o tema dos Estudos sobre a Deficiência.


Os chamados Disability Studies consistem num campo de estudos interdisciplinar que ganhou projeção mundial, tendo origem no contexto anglo-saxão, em meados da década de 1960. A proposta principal desse movimento intelectual, que mais tarde, acabou compondo os discursos dos movimentos ligados aos direitos das pessoas com deficiência, é a de que a deficiência não é simplesmente uma tragédia individual cuja “solução” estaria reservada aos quartos dos hospitais e centros de reabilitação. Ela é muito mais do que isso, portando dimensões essencialmente sociais e políticas. Nessa perspectiva, as inciativas nesse campo visam gerar debates públicos que desconstroem preconceitos e retiram da deficiência a noção de ‘doença’, ‘degeneração’ e ‘desvio’ e a situam na perspectiva de uma condição da diversidade humana – como mulheres, negros, gays, indígenas e outras minorias – sem, no entanto, criar rótulos e identidades férreas.


No Brasil, a despeito da forte influência dos Disability Studies sobre o movimento das pessoas com deficiência, em meados dos anos 1970/80, pouca foi a penetração das discussões no âmbito acadêmico. Além disso, hoje, apesar de uma quantidade razoável de estudos que abordam a temática, o Brasil ainda não possui uma rede que articule esses pesquisadores e centros de estudo, ou estruturas acadêmicas e linhas de fomento específicas – salvo raras exceções. Como consequência, temos pouca produção bibliográfica nacional, em comparação com a produção internacional, bem como uma baixa visibilidade da mesma.


Nesse sentido o Memorial da Inclusão vem procurando incentivar, fomentar trabalhos, realizar debates e encontros entre especialistas e simpatizantes do tema a fim de agregar esforços para a construção de uma sociedade mais inclusiva. Em junho de 2013 organizamos o evento “Conflitos, Direitos e Diversidade:

I Simpósio Internacional de Estudos sobre a Deficiência” (http://goo.gl/hgdYpw);

E em agosto de 2014 as mesas redondas Capitalismo & Deficiência; Educação & Deficiência; Maturidade & Deficiência;Comunicação & Deficiência.

Seguindo esse movimento, realizaremos, no próximo dia 7 de novembro, mais três mesas redondas temáticas compostas por reconhecidos especialistas nos respectivos assuntos. Confira a programação.